quarta-feira, 3 de junho de 2009

Resenha do livro "O quinze"


Publicado em 1930, o romance O quinze, de Rachel de Queiroz, trata da pior e grande seca de todos os tempos, vivida pela escritora em sua infância no ano de 1915, demonstrando episódios característicos da região de forma sucinta e narrativa expondo os males do nordeste não se esquecendo de mencionar a preocupação social e análise psicológica do homem nordestino.

Nos 26 capítulos a escritora narra a saga do retirante, Chico Bento com sua esposa e cinco filhos, que aventura-se com a família pelo sertão em direção a capital, e o romance entre os primos Conceição e Vicente, descendentes de famílias de proprietários rurais de Quixadá, marcando o romance com luzes da desgraça humana e a morte em todos os episódios.

A seca e suas conseqüências provocam o êxodo rural, considerando-se o efeito de destruição de lavouras, morte de animais e desemprego onde trabalhadores de Logradouro e Quixadá se deslocam para a capital do Ceará, na esperança de encontrar meios de sobreviver até a chegada do inverno, ou seja, o período das chuvas.

Chico Bento e sua esposa Cordulina, visavam trabalhar na extração de borracha na região norte. Representando o outro lado da moeda, despedido pela patroa, aventura-se com a família pelo sertão em direção à capital. Perdendo dois filhos, é acolhido por Conceição que contribuía no alojamento dos retirantes da seca.

Conceição acaba ajudando Chico Bento a se deslocar com a família para São Paulo, desistindo de trabalhar com a borracha. Percebe-se que em muitos trechos da história, há uma falta de diálogo entre o casal e apesar de toda a miséria que gira em torno da família, a consciência e impossibilidade da felicidade, exprime o desnível cultural que os separa.

O romance se desenvolve em dois cenários, especificamente nas fazendas de Dona Inácia (avó de Conceição), do Capitão (pai de Vicente) e de Dona Maroca (patroa de Chico Bento) e no cenário urbano, destacando a capital, Fortaleza.

Durante a leitura da aventura, o leitor consegue visualizar as cenas narradas pela escritora, considerando-se que se trata de uma obra de grandes impactos sociais, onde o mais fraco é devorado. É possível visualizar o desespero dos retirantes no cenário da seca devastadora, castigados pelo fogo, seca e fome.
Por: Marcos Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcos Lopes... Minha família... Minha vida!

Loading...

TEMPO

Google Hot Trends

ELVIS PRESLEY

Loading...

DOWLOAD FREE TOOLBAR GOOGLE-GAB

DUBLAGEM KIRKLOPEZ

Loading...

ESPN

Pesquisar este blog